Madri, 7 jul (EFE) - O Governo espanhol manifestou hoje sua mais enérgica condenação ao atentado cometido contra a Embaixada da Índia em Cabul, que causou a morte de 41 pessoas. O Executivo espanhol transmitiu suas condolências às famílias das vítimas e sua plena solidariedade para com os Governos e povos afetados, e evidenciou seu compromisso com a estabilização e reconstrução do Afeganistão, indicou o Ministério de Exteriores espanhol em comunicado. Neste ano, mais de 1.800 pessoas morreram no Afeganistão, vítimas da violência terrorista.

Pelo menos 41 pessoas, a maioria civis, morreram hoje no atentado com carro-bomba contra a embaixada da Índia em pleno centro de Cabul, no ataque mais violento registrado este ano na capital afegã.

Cinco das vítimas fatais trabalhavam na embaixada atacada, mas a maioria era de civis afegãos, incluindo crianças e mulheres, que faziam fila na porta para obter visto, segundo fontes oficiais. EFE vmc/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.