Governo espanhol aprova anteprojeto que libera aborto

O governo da Espanha aprovou nesta quinta-feira um anteprojeto de lei para permitir o aborto até a 14ª semana de gravidez, anunciou a ministra espanhola da Igualdade, Bibiana Aído.

AFP |

"O que busca (a lei) é salvaguardar a diginidade da mulher, este é seu espírito do princípio ao fim", afirmou a vice-presidente do Executivo espanhol, María Teresa Fernández de la Vega, na entrevista coletiva posterior ao conselho de ministros semanal.

A reforma legislativa apresentada nesta quinta-feira por Bibiana Aído e María Teresa de la Vega contempla não apenas a liberalização do aborto até a 14ª semana, mas também a possibilidade de abortar até a 22ª semana condicionada a alguns elementos (riscos para a saúde física ou psíquica da mãe, má-formação do feto).

vg-gr/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG