Governo espanhol anuncia novo ministro da Justiça

Madri, 23 fev (EFE).- O Governo espanhol anunciou hoje que Francisco Caamaño substituirá Mariano Fernández Bermejo como ministro da Justiça, horas depois da renúncia de seu antecessor.

EFE |

Caamaño, de 46 anos, tomará posse amanhã. Em comunicado, o Governo agradeceu a Bermejo pelo esforço e dedicação durante o período em que ficou no cargo.

O ministro da Justiça anterior anunciou hoje sua renúncia pela polêmica causada por participar de uma caçada com o juiz Baltasar Garzón, da Audiência Nacional (Suprema Corte).

Bermejo recebeu duras críticas da oposição e também de membros destacados do Partido Socialista (PSOE), do Governo, pelo incidente com o magistrado, à frente de um caso de suposta corrupção que afeta membros do Partido Popular (PP), o principal da oposição.

Além disso, semana passada ele teve de enfrentar a primeira greve de juízes na história da Espanha.

Bermejo comunicou sua renúncia esta manhã ao presidente do Governo, José Luis Rodríguez Zapatero, no palácio do Governo.

O agora ex-ministro participou de uma caçada na província de Jaén, no sul da Espanha, sem a licença devida. A atitude foi reprovada durante o fim de semana por Mariano Rajoy, líder do PP, que exigiu sua renúncia durante campanha eleitoral na Galícia. EFE nac/dp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG