Governo eleva a 5,7% previsão de crescimento para 2010

Brasília, 11 mar (EFE).- Depois do anúncio de que o país fechou 2009 com uma retração de 0,2% do Produto Interno Bruto (PIB), o Governo elevou a previsão de crescimento econômico em 2010 de 5,2% para 5,7%.

EFE |

"O vigor que a economia tinha foi plenamente retomado. O crescimento será superior a 5,7%", afirmou o ministro da Fazenda, Guido Mantega.

O ministro assegurou que este número é sustentável e supõe um crescimento com qualidade, já que é baseado em fatores como os índices de investimento e a indústria.

A economia cresceu 4,3% no último trimestre de 2009, apoiada sobretudo na expansão trimestral de 6,6% da formação bruta de capital e na recuperação do setor industrial.

Mantega assegurou que mesmo que o Brasil fique estagnado em 2010, o país registrará um crescimento próximo a 2,7% por efeito estatístico depois da baixa de 0,2% no PIB em 2009.

A melhora das perspectivas também se apoia no começo muito bom de fatores com grande peso no PIB como o consumo interno, que cresce a uma taxa forte.

O ministro insistiu no indicador de vendas no varejo, que em janeiro cresceu 2,7% em relação ao mês anterior e 10,4% frente ao primeiro mês de 2009, segundo divulgou hoje o IBGE.

Em relação à retração de 0,2% do PIB registrada em 2009, Mantega disse que é um número "razoável" considerando a profundidade da crise mundial.

Se as previsões oficiais forem confirmadas, o Brasil registrará o seu melhor ano desde 2007, quando cresceu 6,1% e superará com folga os 5,1% anotados em 2008. EFE mp/pb/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG