Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Governo e rebeldes da RDC iniciam conversas no Quênia

Nairóbi, 8 dez (EFE).- Os representantes do Governo da República Democrática do Congo (RDC) e do rebelde Congresso Nacional para a Defesa do Povo (CNDP) começaram hoje suas negociações em Nairóbi, no Quênia, visando a resolver um conflito que já causou o deslocamento de 250 mil civis no leste do país.

EFE |

As conversas foram inauguradas com uma coletiva de imprensa a cargo do enviado especial da Organização das Nações Unidas (ONU) para a região dos Grandes Lagos, o presidente nigeriano, Olusegun Obasanjo, do chanceler queniano, Moses Wetangula, e do ex-chefe de Estado tanzaniano Benjamin Mkapa, que representa a União Africana (UA).

As delegações enviadas a Nairóbi pelo regime de Kinshasa e do CNDP não incluem seus respectivos líderes principais, o presidente congolês, Joseph Kabila, e o ex-general Laurent Nkunda.

O Governo enviou como mediador seu ministro de Cooperação Internacional e Regional, Raymond Tshibanda, e a delegação do CNDP é liderada por seu Secretário Executivo, Serge Kambasu.

O Governo de Kabila insiste em que as negociações para pacificar o leste congolês devem envolver todas as facções que intervêm no conflito e convidou vários grupos armados a Nairóbi.

No entanto, o CNDP ressalta que só negociará bilateralmente com o Governo e não "acompanhado das milícias que o apóiam".

"É preciso reafirmar que são negociações entre o Governo e o CNDP", disse na sexta-feira passada o porta-voz do grupo rebelde, Bertrand Bisimwa. EFE pa/ab/rr

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG