Governo e oposição suspendem negociações por alguns dias no Zimbábue

As negociações entre o governo e a oposição do Zimbábue foram suspensas e devem ser reiniciadas no final de semana, anunciou nesta terça-feira o presidente sul-africano, Thabo Mbeki, em uma entrevista coletiva à imprensa em Pretória.

AFP |

O poder e a oposição "continuam mantendo contatos. Suspenderam as negociações por alguns dias para retornar a Harare e consultar os líderes antes de voltar" à África do Sul, declarou.

"As coisas estão avançando muito bem. O protocolo de acordo prevê que as negociações terminem em duas semanas (...) Seguem determinados a alcançar esse objetivo", acrescentou Mbeki.

A oposição anunciou nesta terça-feira que as negociações sobre uma divisão do poder no Zimbábue estavam estancadas, menos de uma semana depois de sua abertura.

O diálogo entre representantes do poder e do partido de oposição, o Movimento para a Mudança Democrática (MCD), começou na quinta-feira em um local mantido em segredo próximo a Pretória, três dias depois da assinatura de um acordo entre o líder do MCD, Morgan Tsvangirai, e o presidente do Zimbábue, Robert Mugabe.

As negociações tentam desbloquear a situação política após a polêmica reeleição do presidente Mugabe, 84 anos, no poder há 28, que foi o único candidato.

A onda de violência contra seus partidários havia levado Tsvangirai, vencedor do primeiro turno, a retirar sua candidatura.

chp-ale/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG