Governo e oposição do Zimbábue negociam para alcançar acordo em breve

Harare, 10 set (EFE).- O Governo e a oposição do Zimbábue mantêm hoje as negociações para formarem um gabinete de união nacional com a esperança de um acordo iminente que o mediador, o presidente sul-africano Thabo Mbeki, disse que poderia ser alcançado na próxima semana.

EFE |

O presidente do Zimbábue e da governamental União Nacional Africana do Zimbábue-Frente Patriótica (Zanu-PF), Robert Mugabe, e os opositores Morgan Tsvangirai e Arthur Mutambara, líderes das facções majoritária e minoritária do opositor Movimento para a Mudança Democrática (MDC), estão reunidas hoje em um hotel de Harare.

Antes de entrar na reunião, o próprio Mugabe disse aos jornalistas que está "otimista" em relação a um possível acordo, do qual tanto Tsvangirai como Mutambara também se mostraram esperançosos e para o qual admitiram que "foram realizados grandes progressos".

Após as poucas esperanças expressadas pelas partes na segunda-feira passada, quando Mbeki viajou para Zimbábue para facilitar novas conversas, tanto os representantes da oposição como do Governo apontaram que o pacto "poderia ser alcançado hoje".

Mbeki, no entanto, segundo declarou uma fonte diplomática, afirma que o acordo "pode chegar à próxima semana", embora não tenha indicado uma data. EFE sk/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG