Governo dos EUA e comitê do Congresso preveem déficit recorde de US$ 1,6 tri

A Casa Branca e o Comitê Orçamentário do Congresso americano divulgaram, nesta terça-feira, novas estimativas a respeito do déficit orçamentário e sobre a economia dos Estados Unidos. As projeções da Casa Branca e do Comitê Orçamentário do Congresso, que não é partidário, previram que o déficit orçamentário do governo americano para este ano pode chegar a cerca de US$ 1,6 trilhão, um recorde, e muito acima do último recorde registrado em 2008, de US$ 455 bilhões.

BBC Brasil |

Mas, enquanto os números divulgados pela Casa Branca preveem um déficit orçamentário cumulativo de US$ 9 trilhões de 2010 a 2019 - US$ 2 trilhões a mais do que a estimativa de maio -, o comitê do Congresso previu que o déficit para este período deve ficar em torno dos US$ 7,14 trilhões.

De acordo com o site da rede de televisão CNN, a diferença entre as duas previsões se dá porque as estimativas do Comitê Orçamentário do Congresso não incluem as novas propostas orçamentárias do governo Obama.

Já a previsão feita pela Casa Branca é maior pelo fato de levar em conta a proposta de Obama de manter os cortes de impostos para famílias que ganham menos de US$ 250 mil por ano.

Recuperação
As duas previsões concordam que o desemprego vai aumentar para 10% antes de registrar queda e sugerem que o crescimento econômico voltará no final de 2009, mas que a recuperação será lenta, depois da maior e mais profunda depressão desde a década de 30.

O diretor do Escritório da Casa Branca para Administração e Orçamento, Peter Orszag, afirmou as previsões "mostram a terrível situação fiscal que herdamos e a necessidade de medidas sérias para colocar os EUA em um caminho fiscal sustentável".

Segundo analistas, os últimos dados sobre o déficit nos Estados Unidos tornam mais provável um aumento nos impostos no país assim que a economia americana sair da recessão.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG