Governo dos EUA apela para obter pena de morte para ativista Abu Jamal

O governo norte-americano recorreu à Suprema Corte dos Estados Unidos para apelar de uma decisão que anulou a condenação à morte de Mumia Abu-Jamal, ícone da luta contra a pena capital, indicaram nesta segunda-feira diversas fontes.

AFP |

O advogado de Mumia Abu-Jamal, Robert Bryan, anunciou nesta segunda-feira que a demanda havia sido apresentada em outubro, o que foi confirmado pela Suprema Corte à AFP.

Segundo um documento judicial do qual a AFP obteve uma cópia, a Suprema Corte deu um prazo até 19 de novembro para que o governo redija sua moção, após o qual a defesa responderá, e depois os nove juízes decidirão se aceitam estudar o caso.

No dia 27 de março, a Corte de Apelações de Pensilvânia (leste), onde Mumia Abu Jamal está preso no corredor da morte há 26 anos, cancelou sua condenação à morte, embora não tenha confirmado a sua culpabilidade no assassinato de um policial branco ocorrido em 1981.

lum/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG