Governo dos Estados Unidos alerta para inundações na primavera

Por René Pastor NOVA YORK (Reuters) - A enorme quantidade de gelo remanescente do rigoroso inverno dos Estados Unidos provocará inundações na primavera em parte do Meio-Oeste do país, afirmou nesta terça-feira a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA).

Reuters |

"Estamos prevendo uma inundação potencialmente histórica em partes do país nesta primavera", disse a jornalistas a administradora da NOAA, Jane Lubchenco.

A cobertura de neve no Meio-Oeste é "mais extensa do que em 2009", pois só em dezembro as precipitações foram quatro vezes superiores à média, segundo a NOAA.

"Conforme o degelo da primavera, a terra saturada e congelada no Meio-Oeste vai exacerbar a inundação do terreno plano e alimentar a cheia de rios e córregos", explicou a administradora.

Uma área particularmente ameaçada é o vale do rio Red, em Minnesota, já inundado no ano passado. O rio Red corre para o norte, dividindo Dakota do Norte de Minnesota, antes de correr pelas planícies da província canadense de Manitoba.

O lado norte-americano do vale tem plantações de trigo, soja e outras lavouras. A região também é a principal produtora de beterraba açucareira nos EUA.

A soja e o trigo no mercado futuro de Chicago subiram nesta terça-feira, mas por causa da preocupação com uma greve que pode afetar a soja na Argentina e de um dólar mais fraco, o que torna as commodities em dólar mais baratas para quem tem outras moedas.

Analistas de grãos dizem que inundações antes do habitual teriam um lado positivo para os agricultores. Sterling Smith, da corretora Country Hedging Inc., de Minnesota, que vive a poucos quilômetros do rio Red, disse que, depois da eventual inundação, os agricultores provavelmente poderão plantar suas safras sem maiores atrasos.

"O clima sempre pode ser um fator de alta nos preços. (Mas) quando estivermos com a safra (plantada), haverá esse relaxamento no ágio climático", disse o presidente da AgResource, Dan Barre.

Os meteorologistas dizem que o fenômeno El Niño é um dos fatores por trás da elevada umidade no inverno e na primavera de 2009/10.

O El Niño causa um aquecimento anormal das águas do Pacífico equatorial e perturba os padrões climáticos em várias partes do mundo.

(Reportagem adicional de Mark Weinraub e Sam Nelson, em Chicago)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG