Montevidéu, 5 jun (EFE).- O Ministério da Saúde do Uruguai confirmou hoje quatro novos casos da gripe suína, o que aumenta para 21 o número de pessoas com a doença no país.

Segundo o ministério, todos os novos casos registrados são de pessoas ligadas àquelas que já estavam com a doença e outras que viajaram à Argentina, onde acabaram infectadas.

Também foi informado que todos os casos mostram boa evolução e descansam em casa.

A gripe suína chegou semana passada ao Uruguai, por meio de dois jovens que tinham viajado à Argentina. Por enquanto, a maior parte dos casos fica na capital, Montevidéu, e sempre está ligada a outras pessoas com a doença.

Nos últimos dias, centenas de pessoas entraram em contato com os canais disponibilizados pelo Ministério para saber como evitar o contágio.

A epidemia mundial da gripe suína coincide com o outono no hemisfério sul, que provoca anualmente centenas de casos de gripe no Uruguai.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE amr/dp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.