Governo do Sudão elogia decisão da ONU de manter força de paz em Darfur

Cartum, 1 ago (EFE).- O Governo do Sudão avaliou hoje a decisão da ONU de renovar o mandato da missão de paz em Darfur e se comprometeu a proteger o processo de paz nesta região diante de todas as ameaças.

EFE |

Entre estas ameaças, o Sudão incluiu a "catastrófica" decisão da Procuradoria do Tribunal Penal Internacional (TPI) de pedir a detenção do presidente sudanês, Omar al-Bashir, por seu papel na guerra de Darfur.

A avaliação oficial está em um comunicado da missão do Sudão perante a ONU divulgada hoje pela agência oficial de notícias do Sudão, a "Suna", e assinada pelo representante permanente de Cartum diante das Nações Unidas, Abdul Mahmoud Abdul-Halim.

O Conselho de Segurança da ONU aprovou ontem a renovação por um ano do mandato da missão de paz em Darfur, formada por soldados da ONU e da União Africana, que começou a operar no início deste ano para proteger a população civil. EFE ag/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG