hikikomori - Mundo - iG" /

Governo do Japão planeja campanha para ajudar os hikikomori

Tóquio - O Ministério da Saúde japonês planeja estabelecer manuais de orientação para ajudar aquelas pessoas que sofrem do problema conhecido no Japão como hikikomori, afastamento da sociedade, segundo informou hoje a agência Kyodo.

EFE |

Os "hikikomori", que em japonês significa "reclusão" ou "isolamento", podem viver em seus quartos até cinco anos com videogames, navegando pela internet, lendo ou vendo a televisão.

Calcula-se que no Japão há mais de um milhão de pessoas que sofrem desta síndrome, que o Ministério define como aquela pessoa que fica em casa e se isola da sociedade durante longos períodos de tempo, negando-se a ir à escola ou ao trabalho.

Para realizar o projeto, o Ministério da Saúde e Bem-estar do Japão solicitará cerca de 500 milhões de ienes (US$ 4,5 milhões) dentro do orçamento do ano fiscal 2009.

Atualmente, tantos as pessoas que sofrem "hikikomori" como seus parentes podem receber ajuda de centros de saúde públicos, mas nele não há prateleiras específicos para tratar este problema.

Segundo Motohiro Sakai, professor de psicologia clínica da Universidade de Tokushima, esta iniciativa do Ministério é boa, já que alguns casos de "hikikomori" procedem de doenças mentais e com um tratamento adequado se poderiam solucionar.

Sakai acrescentou que em alguns dos casos desta síndrome em pessoas de 30 a 40 anos, influem fatores como dificuldades para encontrar um trabalho, por isso disse que é necessário que o Governo o ajude para que sejam mais independentes.

Leia mais sobre: Hikikomori

    Leia tudo sobre: japão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG