Sana, 17 dez (EFE).- O Ministério da Defesa do Iêmen confirmou hoje a morte de pelo menos 28 terroristas da Al Qaeda e a detenção de outros 17 em diferentes localidades do país, inclusive na capital Sana.

Segundo a nota, soldados apoiados por aviões de combate lançaram nesta manhã operações "preventivas" nas províncias de Sana e de Abyan, esta última no sul do país.

O comunicado diz que os integrantes da Al Qaeda pretendiam cometer atentados suicidas contra alvos nacionais e estrangeiros no país. Porém, não foram dados mais detalhes a respeito.

Quatro pessoas foram mortas na região de Arhab, no norte da província de Sana. No mesmo local, outros quatro terroristas ficaram feridos.

Já na província de Abyan, os soldados atacaram um reduto de militantes da Al Qaeda, mantando de 24 a 30 terroristas.

Antes, fontes do Ministério do Interior tinham dito à Agência Efe que o número de mortos no chegava a 34.

De acordo com a nota, combatentes estrangeiros estariam recebendo treinamento na região de Maayal. Além disso, em uma operação na capital, 13 pessoas foram detidas. EFE mh/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.