Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Governo do Equador abre auditoria sobre caso Odebrecht

Quito, 31 out (EFE).- O Governo equatoriano realiza uma auditoria sobre a Odebrecht, expulsa do país no mês passado por supostos erros estruturais em uma hidroelétrica construída pela empresa brasileira, disse hoje a chanceler do Equador, María Isabel Salvador.

EFE |

"Está se trabalhando na auditoria", disse a chanceler à imprensa depois de precisar que a empresa auditora se encarregará de avaliar os "custos financeiros e os danos técnicos" causados ao país pela construtora brasileira.

Salvador assinalou que essa auditoria permitirá ao Executivo ter pleno conhecimento das supostas irregularidades cometidas pela Odebrecht, para assim, fazer eventuais reivindicações contra essa companhia.

Em 23 de setembro, o Governo equatoriano expulsou a empresa brasileira por descumprir com a reparação da hidroelétrica San Francisco, que teve que suspender seu funcionamento por falhas estruturais em sua construção.

Mediante um decreto, o presidente do Equador, Rafael Correa, expulsou a Odebrecht e solicitou às instituições estatais que mantinham seus serviços que "terminem os contratos em termos legais". EFE jc/rr

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG