Governo de Israel aprova emenda sobre lealdade a Estado judeu

Projeto polêmico, que ainda passará por Parlamento, é criticado por árabes israelenses que o rotulam de 'racista'

iG São Paulo |

O governo israelense aprovou, neste domingo, submeter à votação no Parlamento uma polêmica emenda que estabelece que qualquer pessoa não judia nacionalizada israelense deverá jurar lealdade ao país como "Estado judeu e democrático".

AFP
Projeto foi proposto por chanceler ultradireitista Avigdor Lieberman
A emenda, proposta pelo ministro das Relações Exteriores, o ultradireitista Avigdor Lieberman, e apoiada pelo primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, foi aprovada na sessão semanal do governo israelense por 22 votos a oito. Os únicos contrários foram os seis ministros do Partido Trabalhista, e os do Likud Dan Meridor e Benny Begin.

Segundo um comunicado do gabinete do premiê Benjamin Netanyahu, 22 ministros aprovaram a emenda e oito votaram contra, entre eles cinco trabalhistas. O ministro da Defesa israelense, Ehud Barak, do Partido Trabalhista, havia autorizado os ministros de seu partido "a votar com a consciência”.

Knesset

O projeto de lei ainda precisa ser discutido na Knesset (Parlamento), onde a coalizão de Netanyahu tem maioria, para ser transformado em lei.

"Todos aqueles que querem ser cidadãos israelenses naturalizados deverão declarar que serão cidadãos leais ao Estado de Israel como Estado judaico e democrático", argumentou Netanyahu, falando para os ministros reunidos em sessão semanal, antes da votação. "O Estado de Israel é o Estado-nação do povo judeu, ao mesmo tempo em que é um Estado democrático no qual todos os cidadãos, judeus e não-judeus, beneficiam-se de direitos iguais", acrescentou.

Para a minoria árabe que vive em Israel - que representa cerca de 20% da população - o projeto proposto por Lieberman é "racista" e traz como consequência "solidificar o status inferior dos árabes em lei".

*Com AFP e EFE

    Leia tudo sobre: oriente médioestado judeuisraelárabesisraellei

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG