=Governo de Helmut Kohl quase destruiu os arquivos do Stasi

Berlim, 12 jan (EFE).- O Governo do antigo chanceler alemão Helmut Kohl esteve perto de ordenar a destruição dos arquivos do Ministério para a Segurança do Estado (Stasi) da extinta República Democrática Alemã (RDA) pouco depois da reunificação nacional em 1990.

EFE |

Esta informação foi revelada por Wolfgang Schäuble, que era então ministro do Interior no gabinete de Kohl e que ocupa o mesmo cargo atualmente com a chanceler alemã, Angela Merkel.

Schäuble aconselhou então a destruição dos comprometedores arquivos da Polícia política da RDA para Kohl.

"Porém, acabamos aceitando o desejo expresso pelo último Parlamento da RDA, eleito livremente, para guardar os arquivos e contemplar esta medida no tratado para a reunificação", declarou Schäuble ao semanário "Super Illu". EFE jcb/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG