Governo de fato de Honduras acusa Zelaya de gastos ilegais

As autoridades de fato de Honduras denunciaram o deposto presidente Manuel Zelaya de gastar mais de seis milhões de dólares para manter seus cavalos, jóias e viagens, entre outras excentricidades, destaca a imprensa prensa.

AFP |

"Até o momento conseguimos determinar irregularidades que ultrapassam 123 milhões de lempiras na documentação que conseguimos investigar e resgatar, o valor mencionado está devidamente sustentado com a documentação", afirmou o juiz Renán Sagastume, presidente do Tribunal Superior de Contas (TSC).

Sagastume e autoridades do Ministério Público divulgaram à imprensa listas com detalhes dos gastos mensais para o cuidado de cavalos, como a compra de ferraduras, selas, a manutenção de uma moto Harley Davidson, passagens aéreas, aluguel de aviões e helicópteros, compra de jóias, entre outros gastos,

Zelaya, um fazendeiro, tornou famoso seu cavalo "Café", que levou a vários lugares de helicóptero, e também é conhecido por gostar de motocicletas.

O TSC revelou outros gastos como aluguéis de edifícios e vinhos para casamentos.

nl/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG