atos de vandalismo - Mundo - iG" /

Governo da Venezuela culpa universidade por atos de vandalismo

Caracas, 20 mai (EFE).- O Governo venezuelano responsabilizou hoje as autoridades da Universidade Central da Venezuela (UCV) pelos atos de vandalismo registrados na instituição, situada em Caracas e onde veículos foram queimados e tiroteios registrados.

EFE |

"Responsabilizamos a reitora (Cecilia García) e a equipe dela pelos fatos que aconteceram dentro da UCV, já que há estudantes instigando a violência e os atos de vandalismo", disse à imprensa o ministro do Interior, Tareq El-Aissami.

O ministro confirmou que os incidentes começaram na tarde de terça-feira e no mesmo dia "veículos foram incendiados e disparos foram feitos debaixo do nariz das autoridades com total impunidade".

De acordo com as imagens divulgadas por emissoras de TV locais, três ônibus foram incendiados.

Aissami lembrou que as forças da ordem pública não podem intervir no interior dos recintos universitários, e por isso exigiu às autoridades da UCV que tomem medidas para evitar os incidentes.

"A Lei de Universidades diz que a ordem interna é de estrita responsabilidade das autoridades da UCV, e por isso perguntamos por que permitem que esses fatos ocorram impunemente, por que não atuaram para neutralizar esses grupos de vândalos", expressou.

As declarações foram feitas depois que terminaram sem incidentes uma manifestação de setores universitários, apoiados por partidos opositores, em rejeição ao corte orçamentário decidido pelo presidente Hugo Chávez, que também incide sobre o ensino superior.

EFE rr/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG