Governo da Venezuela abre novo processo contra TV Globovisión e 29 rádios

O diretor da Comissão Nacional de Telecomunicações da Venezuela (Conatel), Diosdado Cabello, ordenou neste sábado a abertura de processos administrativos sancionadores contra a rede de TV privada Globovisión e 29 emissoras de rádio, que poderão perder suas licenças.

AFP |

No início de agosto, a Conatel ordenou a retirada do ar de 34 emissoras de rádio, argumentando que estariam explorando suas licenças de forma irregular. A decisão foi muito criticada dentro e fora de Venezuela, mas Cabello, que também é ministro das Obras Públicas, advertiu que outras 200 emissoras corriam o risco de ter o mesmo destino.

"Foi executada a primeira ação e seguimos adiante, temos outro lote de emissoras que já analisamos (...) Não temos medo, seguimos adiante. Cada emissora tem seu processo" ressaltou Cabello.

A Globovisión tem sido alvo de duras advertências e foi diretamente ameaçada de fechamento por membros do governo que classificam a rede de "terrorista midiática".

il-bl/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG