Governo da Ucrânia diz que Elton John não poderá adotar bebê

O ministro da Família, Juventude e Esportes da Ucrânia, Yuriy Pavlenko, afirmou nesta segunda-feira que o cantor britânico Elton John não poderá adotar o garoto ucraniano Lev, que conheceu em um orfanato durante uma visita ao país. Segundo Pavlenko, a adoção não será permitida porque Elton John, que tem 62 anos, é muito velho e não é casado.

BBC Brasil |

O cantor e o parceiro, David Furnish, de 46 anos, expressaram a vontade de adotar o menino Lev, que tem 14 meses e é HIV positivo, durante uma visita à Ucrânia no último sábado.

De acordo com o ministro, a lei ucraniana não reconhece uniões homossexuais como um casamento. Elton John e David Furnish estão legalmente juntos pela chamada união civil, reconhecida na Grã-Bretanha, mas não na Ucrânia.

Ainda segundo Pavlenko, as regras ucranianas exigem que a diferença de idade entre os pais e a criança a ser adotada não seja superior a 45 anos, o que não é o caso de Elton John.

Ao anunciar a intenção de adotar o menino, o cantor afirmou que sua decisão foi influenciada pela morte, na semana passada, do tecladista Guy Babylon, há tempos integrante de sua banda.

"Existe oportunidade melhor de substituir alguém que perdi do que (ajudar) alguém a quem posso dar um futuro?", perguntou ele.

A Ucrânia tem a maior taxa de crescimento de casos de infecção pelo HIV na Europa. Há dois anos o cantor fez um show na capital, Kiev, para divulgar o problema.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG