Bangcoc, 27 nov (EFE).- O Governo do primeiro-ministro da Tailândia, Somchai Wongsawat, pediu hoje que o Exército continue nos quartéis, em resposta aos intensos rumores sobre um iminente golpe de Estado.

"As tropas devem estar nos quartéis e o primeiro-ministro não vai destituir ninguém", disse o porta-voz do Governo, Nattawut Saikuar, em entrevista coletiva, e em aparente alusão ao chefe do Exército, o general Anupong Paochinda. EFE grc/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.