Seul, 10 jun (EFE).- O Governo sul-coreano liderado pelo primeiro-ministro Han Seung-soo apresentou hoje sua renúncia, em decorrência da crise desencadeada pela abertura do mercado do país à importação de carne bovina dos Estados Unidos, segundo informações da agência Yonhap.

A apresentação de renúncia, que deverá ser considerada pelo presidente Lee Myung-bak, chega após três meses de Governo, e foi forçada pelas manifestações maciças de cidadãos contrários à importação de carne bovina americana, por medo de que possa estar contaminada com o mal da vaca louca. EFE ce/gs

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.