Governo confirma segunda morte por gripe no Brasil

São Paulo, 10 jul (EFE).- As autoridades de saúde do Brasil confirmaram hoje que uma menina de 11 anos foi a segunda pessoa a morrer de gripe suína no país, onde o número de casos da doença já passou de mil.

EFE |

A criança morreu em 30 de junho, em Osasco, na região metropolitana de São Paulo, disse o secretário de Saúde do estado, Luiz Roberto Barradas.

Quando apresentou os primeiros sintomas da gripe, a menor foi internada com urgência num hospital particular de Osasco. Seis horas depois, no entanto, ela morreu em virtude de uma infecção generalizada.

Os exames de sangue feitos durante a autópsia confirmaram que a menina havia contraído o vírus AH1N1, causador da gripe suína.

O primeiro morto pela nova gripe no Brasil foi um caminhoneiro de 29 anos. Ele contraiu a doença numa viagem à Argentina. Dias depois, em 28 de junho, morreu na cidade de Passo Fundo (Rio Grande do Sul).

No Brasil, 1.027 pessoas estão com a doença, segundo o último boletim do Ministério da Saúde, divulgado hoje.

De acordo com números atualizados pelo Governo até quarta-feira, outras 2.973 pessoas podem ter contraído a nova gripe. Porém, "quase a totalidade" desses pacientes já recebeu alta ou está em processo de recuperação. EFE mp/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG