Governo colombiano retira de serviço o chefe do Estado-Maior do Exército

Bogotá, 20 dez (EFE).- O Governo do presidente colombiano, Álvaro Uribe, retirou do serviço ativo o chefe do Estado-Maior do Exército, o general Guillermo Quiñónez, informou hoje em Bogotá o próprio oficial.

EFE |

Quiñónez comunicou a decisão em comunicado que leu perante a imprensa na capital colombiana, e seu caso é o número 29 de militares que em menos de dois meses são separados, destituídos ou que pediram baixa do serviço.

Em uma alusão tácita, o oficial atribuiu sua saída ao ministro da Defesa, Juan Manuel Santos, de quem disse que fez de 2008 um ano funesto para o Exército.

Este ano "foi funesto para o Exército que perdeu seus melhores comandantes e líderes", afirmou Quiñónez, que se referiu a casos como o do agora ex-chefe da força, o general Mario Montoya, que pediu aposentadoria no mês passado, após um expurgo na instituição.

EFE jgh/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG