Governo colombiano diz que 336 guerrilheiros entregaram as armas em abril

Bogotá, 9 mai (EFE).- Um total de 336 guerrilheiros dos grupos colombianos Farc e ELN se desmobilizaram em abril passado, com o que somam 15.

EFE |

578 os membros destes grupos que abandonaram a luta armada desde meados de 2002, informaram nesta sexta-feira fontes oficiais.

Com esse número superaram o milhar os insurgentes que pediram os benefícios do Programa de Atenção Humanitária ao Desmobilizado (PAHD) neste ano, disse esta dependência estatal.

Acrescentou que no mês passado entregaram as armas 300 rebeldes das Forças Armadas revolucionárias da Colômbia (Farc), 35 do Exército de Libertação Nacional (ELN) e um de um movimento não especificado.

A mesma dependência acrescentou que dentro de tal grupo de desmobilizados estão 29 menores de idade e 77 mulheres.

Dos rebeldes que entregaram as armas, 302 o fizeram perante destacamentos das Forças Militares e os demais em outras entidades governamentais.

O PAHD oferece ajuda econômica, orientação psicológica, educação e proteção aos insurgentes que se entregarem.

O número total não inclui os mais de 31.000 paramilitares de direita que se reintegraram de forma coletiva dentro do processo de paz realizado entre 2003 e 2006 por parte do Executivo colombiano e das Autodefesas Unidas da Colômbia (AUC). EFE gta/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG