Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Governo colombiano divulga vídeo da operação de resgate dos reféns

O ministro da Defesa da Colômbia, Juan Manuel Santos, apresentou nesta sexta-feira um vídeo que registra o momento de resgate dos quinze reféns em poder da guerrilha das Farc, na quarta-feira passada, para desvirtuar as versões da imprensa de que a libertação teria acontecido mediante o pagamento de suborno.

AFP |

"Isso é absolutamente falso", afirmou Santos com veemência, acrescentando que a "amante" do guerrilheiro responsável pelos reféns, "nada teve a ver, não foi contactada para esta operação, não foi pago a ela nenhum centavo. Nesse sentido a informação carece de toda a veracidade", insistiu.

Uma versão da Rádio Suisse Romanda (RSR), assegurou que o governo colombiano pagou 20 milhões de dólares pelos reféns.

"Na realidade os 15 reféns foram comprados a preço considerável, depois do que começou a encenação", afirmou a rádio citando uma "fonte ligada aos acontecimentos, confiável e posta à prova em reiteradas ocasiões nos últimos anos".

O ministro Santos assinalou que o governo dos Estados Unidos havia sido informado da operação uma semana antes, e que Washington a aprovou, mas negou ter recebido ajuda direta para sua realização desse país ou de Israel.

A ex-refém colombiano-francesa Ingrid Betancourt, que foi resgatada com três americanos e 11 militares e policiais colombianos, rejeitou hoje em Paris a versão de suborno.

"Francamente, não creio que me possam enganar facilmente. Não. Não acho que tenha sido uma encenação", como afirma a rádio suíça, sobre a operação que permitiu o resgate desse grupo de seqüestrados.

pro/hov/rs

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG