Bogotá, 16 abr (EFE).- O Governo colombiano divulgou hoje um balanço dos casos de sequestro no país e informou que 125 pessoas estão em cativeiros, sendo que 66 estão em poder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

Segundo os dados, não se sabe o paradeiro de 1.502 pessoas, que foram inicialmente reportadas como sequestradas.

O Fundo Nacional para Defesa da Liberdade Pessoal, vinculado ao Ministério da Defesa colombiano, apresentou hoje o relatório. O diretor do órgão, Harlan Hainaut, explicou que o estudo partiu de um número geral de 2.792 casos registrados em 31 de dezembro de 2007.

Além disso, foram contabilizados 437 sequestros de 2008 e 79 deste ano.

"Durante o ano de 2008 e no decorrer de 2009, 507 pessoas recuperaram sua liberdade ou infelizmente foram mortas", disse.

Segundo o Governo colombiano, houve casos de vítimas que foram libertadas, mas não foram reportadas.

"Verificamos que entre estes quase 2.800 casos, há 1.173 em que as autoridades têm certeza que as vítimas não estão mais em cativeiro", disse o diretor. EFE fer/plc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.