Governo britânico quer usar vídeo contra propaganda do Talebã

O governo britânico está desenhando um novo plano para conter a propaganda contra o Ocidente promovida pelo grupo extremista Talebã no Afeganistão, segundo informações obtidas pela BBC. O programa, desenvolvido por um consultor e analisado por um grupo do governo, prevê a distribuição de telefones celulares equipados com câmeras de vídeo e acesso à internet para milhares de afegãos.

BBC Brasil |

A idéia é que eles produzam seus próprios vídeos e baixem na rede.

Fontes do governo estimam que filmes de curta duração com mensagens contra o Ocidente feitos por militantes do Talebã estejam circulando livremente pelos cerca de 6 milhões de telefones do país e sendo acessados por quase 500 mil usuários de internet.

Segundo o analista de Defesa da BBC Frank Gardner, a reputação das forças de coalizão foi abalada recentemente depois que o Talebã começou a circular imagens de civis mortos em uma ofensiva americana em agosto.

O governo pretende reunir até 100 curta-metragens feitos por cidadãos afegãos e apresentá-los em um festival de cinema no próximo verão.

No domingo, o comandante das forças britânicas na província de Helmand disse que o país não deveria esperar "uma vitória militar decisiva", no Afeganistão.

Brig Mark Carleton-Smith disse que o objetivo da missão é assegurar que o Exército afegão seja capaz de assumir o controle da segurança do país.

Desde a invasão do país, em 2001, 119 soldados britânicos já morreram.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG