Governo britânico quer limitar provisoriamente número de imigrantes

Alguns políticos conservadores consideram, apesar de tudo, que o estabelecimento dos limites pode prejudicar a economia, como argumentam, por sua parte, muitos empresários

EFE |

O Governo de David Cameron propõe um teto temporário ao número de imigrantes de fora do espaço comunitário europeu admitidos ao Reino Unido antes da fixação de um limite permanente, o que acontecerá em 2011.

Segundo a "BBC", a ministra do Interior, Theresa May, limitará a 24.100 o número de imigrantes de fora da União Europeia até abril do ano que vem.

Esse teto provisório tem como objetivo evitar uma chegada em massa de imigrantes ao país antes que o teto definitivo seja estabelecido, em março de 2011.

Em seu manifesto eleitoral, o Partido Conservador (de Cameron) se comprometeu a restringir a imigração, um compromisso que teve que ser aceito por seus parceiros de Governo, os liberal-democratas.

Alguns políticos conservadores consideram, apesar de tudo, que o estabelecimento dos limites pode prejudicar a economia, como argumentam, por sua parte, muitos empresários.

A ministra do Interior anunciará a nova medida na próxima terça-feira, quando lançará ao mesmo tempo um processo de consultas antes de decidir qual será o teto definitivo.

Durante a campanha para as eleições, Cameron anunciou sua intenção de diminuir de centenas de milhares a dezenas de milhares o número de imigrantes admitidos. A oposição trabalhista acusa os conservadores de demagogia, pois apenas uma pequena parte dos trabalhadores admitidos vem de fora da Europa.

    Leia tudo sobre: Reino Unidoimigranteslimite

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG