Londres, 2 out (EFE).- O Governo do Reino Unido criará uma comissão de emergência presidida pelo primeiro-ministro britânico, o trabalhista Gordon Brown, a fim de combater a atual crise financeira, publica hoje o jornal londrino Evening Standard.

Esse grupo será parecido com o Comitê Cobra, uma comissão de crise formada por membros do Governo e que costuma se reunir em casos de emergência, como um desastre natural ou um ataque terrorista.

Assim, o Executivo britânico quer dar às atuais turbulências financeiras a mesma importância de uma catástrofe natural ou um atentado.

Liderada por Brown, a comissão realizará encontros com regularidade para identificar riscos, como o colapso repentino de um banco, e coordenar uma resposta rápida.

Esse grupo se reunirá diariamente se surgirem situações como a incerteza do multimilionário plano de resgate financeiro dos Estados Unidos, aprovado na quarta-feira pelo Senado daquele país, apesar de ainda precisar do respaldo da Câmara de Representantes.

Também farão parte do comitê os ministros da Economia, Alistair Darling, e do Comércio, John Hutton, assim como economistas e funcionários. EFE pa/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.