Governo boliviano rejeita decisão da Corte Suprema sobre governador

La Paz, 19 set (EFE).- O Governo da Bolívia rejeitou hoje a resolução em que a Corte Suprema de Justiça (CSJ) exige a transferência para Sucre do governador do departamento (estado) de Pando, Leopoldo Fernández, e assegurou que o político seguirá confinado em La Paz.

EFE |

"Vamos ser firmes no cumprimento da medida de confinamento", disse em coletiva de imprensa o vice-ministro de Justiça, Wilfredo Chávez, em resposta à CSJ que pede a mudança do governador regional para Sucre.

Chávez qualificou a solicitação de transferência para Sucre do governador como um "atropelo" e assegurou que ele permanecerá em sua condição de "confinado" por ter violado o estado de sítio decretado pelo Governo em sua região após os choques entre governistas e opositores de na semana passada.

"Esse raciocínio não é correto. Esse raciocínio é totalmente errado", enfatizou. EFE az/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG