Governo boliviano e governadores encerram reunião sem acordo

O presidente da Bolívia, Evo Morales, e os governadores oposicionistas de quatro das nove regiões bolivianas encerraram neste domingo uma reunião de quase dez horas de duração sem ter chegado a qualquer acordo ou conclusão para pacificar o país, além de sequer definir uma data para um novo encontro, informou o ministro de Desenvolvimento Rural, Carlos Romero.

Redação com AFP |

Terminado o encontro, Romero disse "lamentar que os governadores de oposição não tenham conciliado um acordo nacional de grande expectativa para o povo boliviano e, fundamentalmente, para as regiões incentivadoras do processo de autonomia".

A decisão dos governadores rebeldes de Santa Cruz, Tarija, Chuquisaca e Beni de não assinar um acordo torna "evidente que iremos ao âmbito do Congresso" para resolver o crucial tema da aprovação da nova Constituição, que inclua as autonomias, disse Romero.

No entanto, "vamos continuar esperando (os governadores) a qualquer momento para continuar dialogando", concluiu o ministro.

    Leia tudo sobre: morales e oposicionistas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG