Governo boliviano desmente presença de venezuelanos em segurança de Morales

La Paz, 16 jun (EFE).- O Governo da Bolívia desmentiu hoje que soldados venezuelanos estejam no país para garantir a segurança do presidente Evo Morales e tachou como especulativas as versões jornalísticas sobre o assunto.

EFE |

O porta-voz de Morales, Ivan Canelas, disse que a segurança do chefe de Estado está em mãos de "oficiais bolivianos" que capazes de atuar ante qualquer situação e de forma "eficiente".

Canelas esclareceu que os únicos militares venezuelanos na Bolívia são os tripulantes dos helicópteros que o presidente Hugo Chávez cedeu a Morales para seus deslocamentos pelo interior do país.

Além disso, afirmou que o Governo boliviano não pediu nem vai pedir que forças estrangeiras garantam a segurança do chefe de Estado.

Chávez é um dos principais aliados de Morales na região e chegou a afirmar que não permitiria que seu colega boliviano fosse derrubado ou que sua segurança fosse ameaçada.

A oposição boliviana criticou várias vezes a estreita relação de ambos os dirigentes e denunciou o que considera ingerências do venezuelano em assuntos internos do país. EFE az/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG