frustração por continuidade do protesto do campo - Mundo - iG" /

Governo argentino sente frustração por continuidade do protesto do campo

Buenos Aires, 16 mai (EFE).- O Governo da Argentina admitiu nesta sexta-feira que sente frustração diante da decisão do setor agropecuário de continuar com os protestos e pediu sensatez aos dirigentes rurais para retomar o diálogo.

EFE |

O ministro do Interior, Florencio Randazzo, disse que no Governo há uma "mistura de sentimentos de assombro, frustração, indignação e dor", pois achava que os produtores agropecuários "voltariam ao diálogo".

As quatro patronais rurais resolveram nesta quinta-feira estender até a próxima quarta-feira seus protestos contra o novo esquema de impostos às exportações de grãos, ao mesmo tempo que solicitaram uma reunião "urgente" com a presidente argentina, Cristina Fernández de Kirchner, de visita a Lima até o próximo domingo para assistir à 5ª Cúpula América Latina-Caribe-União Européia (EU-LAC, na sigla em inglês).

"Esperávamos uma resposta propícia, não a continuidade da medida", disse Randazzo a "Rádio 10", de Buenos Aires, sobre o desenrolar deste conflito, que já dura dois meses. EFE nk/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG