Buenos Aires, 30 jul (EFE).- O Governo argentino expressou seu repúdio ao atentado realizado hoje na cidade espanhola de Palmanova, na turística ilha de Mallorca, no qual morreram dois agentes da Guarda Civil.

"Quero reiterar meu repúdio e solidariedade com o povo da Espanha", afirmou hoje o chanceler argentino, Jorge Taiana, na saída de um ato em Buenos Aires.

Os Agentes da Guarda Civil espanhola morreram depois de uma explosão ao lado de um quartel.

A explosão, que motivou o fechamento do aeroporto e do porto de Palma de Mallorca, aconteceu pouco antes das 9h, no horário de Brasília, nas imediações de um edifício utilizado pela Guarda Civil, situado em uma zona muito movimentada próxima a um centro de saúde e dos Correios.

O Governo argentino também condenou, na quarta-feira, o atentado atribuído à organização terrorista ETA, na cidade espanhola de Burgos, que deixou pessoas 65 levemente feridas.

"Mais uma vez devemos lamentar e condenar nos termos mais firmes e inequívocos este novo ataque à paz e à convivência civilizada que sofre a Espanha", afirmou Taiana. EFE ms/pd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.