Governo argentino decreta emergência agropecuária por seca

O governo argentino decretou nesta segunda-feira situação de emergência agropecuária nas zonas castigadas por uma seca histórica - uma medida que exime os produtores da uma ampla região do Pampa úmido do pagamento de impostos durante um ano, anunciou a presidente Cristina Kirchner.

AFP |

A medida era pedida por produtores agropecuários que solicitaram uma ajuda urgente para compensar as perdas enormes provocadas pela morte de quase 1,8 milhão de cabeças de gado por falta de pasto e pela devastação de mais de 50% das plantações de trigo e milho.

A presidente também anunciou a eliminação da cobrança de autorizações de carga de quase 200 milhões de pesos por ano (57 milhões de dólares), em outra medida destinada a auxiliar o setor.

A medida beneficia o centro produtivo do setor agropecuário argentino.

sa/yw/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG