Governo argentino bloqueia projeto que declara emergência por dengue

Buenos Aires, 15 abr (EFE).- O Governo argentino bloqueou hoje a aprovação de um projeto de lei no Senado que declara a emergência de saúde em todas as regiões do país afetadas pela forte expansão da dengue, que já deixou cinco mortos e cerca de 13 mil doentes, de acordo com dados oficiais.

EFE |

Momentos antes da aprovação do projeto, que tinha sido pactuado nesta manhã por Governo e oposição, o chefe da bancada do governante Frente para a Vitória, Miguel Pichetto, pediu que a votação fosse adiada para a próxima semana.

O legislador alegou que o país não está em uma situação tão grave para declarar o alerta epidemiológico, segundo um comunicado do Senado.

A moção proposta por Pichetto contou com 29 votos a favor, 18 contra e uma abstenção durante a votação no recinto da Câmara Alta, de maioria governista.

O legislador da opositora União Cívica Radical (UCR) Ernesto Sanz acusou o ex-presidente da Argentina Néstor Kirchner (2003-2007) de "ter dado a ordem ao Governo de se retirar do debate", porque "não tem interesse em um acordo".

Já o senador Rubén Giustiniani, do Socialismo, considerou que "o Governo acaba de fazer um verdadeiro papelão", e coincidiu em que "alguém deu uma ordem de fora para que a votação fosse impedida".

O projeto declara emergência e alerta epidemiológico nas regiões do país "onde estiverem presentes os vetores da dengue, onde houver pessoas infectadas e suscetíveis a ficar doentes", explicou o legislador do Movimento Popular Horacio Lordes.

A iniciativa deverá ser referendada pela Câmara dos Deputados para se transformar em lei, caso seja aprovada na sessão prevista para a próxima semana.

O projeto pede ainda a liberação de fundos para que o Ministério da Saúde enfrente a epidemia, obriga as jurisdições com foco de dengue que suspendam as licenças e férias dos profissionais da saúde e propõe a criação de um Instituto de Doenças Virais, entre outros pontos. EFE ms/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG