Governo anuncia que vai liberar R$ 80 milhões para Angra

Rio de Janeiro, 7 jan (EFE).- O ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira, anunciou hoje que o governo federal destinará R$ 80 milhões, em caráter emergencial, para a reconstrução das áreas atingidas por deslizamentos de terra em Angra dos Reis, além do atendimento às vítimas da tragédia.

EFE |

Nesta quinta-feira, Geddel e o ministro das Cidades, Márcio Fortes, além do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, sobrevoaram de helicóptero o Morro da Carioca, onde 21 pessoas morreram na primeira madrugada do ano. Outros 31 corpos foram encontrados na região da praia do Bananal, em Ilha Grande, e pelo menos duas pessoas estão desaparecidas.

"Evidentemente que o governador apresentará projetos mais amplos e anunciará obras de maior amplitude", disse Geddel. "A determinação do presidente Lula foi para que estivéssemos aqui para apresentar soluções rápidas e imediatas. É o que estamos fazendo", garantiu.

A secretária do Meio Ambiente do estado do Rio, Marilene Ramos, admitiu ontem que será necessário demolir até 3 mil imóveis que estão em áreas de risco na ilha e em Angra, e o prefeito da cidade, Tuca Jordão, avaliou os prejuízos causados pelas chuvas em pelo menos R$ 214 milhões.

Além das 52 vítimas na região de Angra dos Reis, as fortes chuvas do dia 31 de dezembro provocaram mais 35 mortes em outras cidades.

No total, 74 pessoas morreram no Rio de Janeiro, dez em São Paulo e três em Minas Gerais.

Na próxima quarta-feira, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai receber o governador Sérgio Cabral para discutir as obras de contenção de encostas para Angra e a Baixada Fluminense. EFE.

cm/id

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG