Governo alemão diz que contaminados por gripe suína evoluem bem

Berlim, 29 abr (EFE).- As três pessoas contaminadas pela gripe suína na Alemanha evoluem bem, informou hoje a ministra da Saúde alemã, Ulla Schmidt, que pediu calma à população.

EFE |

"Trata-se de gente que esteve no México e entrou em contato com pessoas de lá. Estamos controlando o estado de saúde de seus familiares e amigos, mas por enquanto nenhum apresenta esses sintomas", relatou a ministra.

O presidente do Instituto Robert Koch (RKI) de virologia, Jörg Hacker, assegurou que outros quatro casos suspeitos de gripe suína foram descartados desde ontem e que, por enquanto, "não se teme pela vida" das três pessoas infectadas.

Schmidt insistiu em que a gripe suína ainda não é uma pandemia mundial, mas que teve "um desenvolvimento local desde um ponto concreto" e enfatizou a importância da pronta reação do Governo alemão.

Segundo a ministra, a existência de vias de comunicação sistemática em escala nacional por ocasião de ameaças anteriores, como a gripe aviária, permitiu detectar estes casos de forma prematura e iniciar os tratamentos.

No entanto, a ministra repetiu a recomendação do Governo alemão para que seus cidadãos evitem viajar ao México nos próximos dias.

"Ninguém pode prever como a doença se desenvolverá, mas faremos de tudo para interromper seu contágio, em colaboração com os especialistas", afirmou.

As autoridades de saúde alemãs anunciaram ontem que há a expectativa pelo registro de novos casos da gripe suína no país, já quase nove mil alemães estão atualmente no México a passeio. EFE nvm-jcb/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG