Governo afegão declara cessar-fogo no dia das eleições

Cabul, 16 ago (EFE).- O Governo afegão anunciou hoje que as forças militares do país estipularam um cessar-fogo em 20 de agosto, dia das eleições presidenciais, e declarou que colocará todos os meios a seu alcance para impedir que os talibãs prejudiquem o processo.

EFE |

O ministro de Defesa afegão, Abdul Rahim Wardak, seu colega de Interior, Mohammad Hanif Atmar, e o chefe dos serviços secretos afegãos, Amrullah Saleh, protagonizaram uma entrevista coletiva.

No encontro eles defenderam a eleição, um dia depois do atentado talibã que deixou sete mortos em frente ao quartel-general da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) de Cabul.

"Dizer que haverá completa paz seria difícil, mas devemos estar preparados para cada eventualidade", assegurou à Agência Efe após a conferência o ministro da Defesa, que prometeu "trabalhar duro" para assegurar o processo. EFE da/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG