sequestrado na segunda-feira por supostos rebeldes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc)." / sequestrado na segunda-feira por supostos rebeldes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc)." /

Governador sequestrado na Colômbia é achado morto

BOGOTÁ - As autoridades colombianas encontraram nesta terça-feira o corpo do governador do departamento (estado) de Caquetá, Luis Francisco Cuéllar, http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2009/12/22/governador+colombiano+sequestrado+pelas+farc+9252556.html target=_topsequestrado na segunda-feira por supostos rebeldes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

iG São Paulo |

O cadáver, com marcas de tiros e rodeado por explosivos, foi achado em Sebastopol, zona rural próxima a Florencia, a capital de Caquetá, disse à rádio "RCN" o secretário de Governo do departamento, Edilberto Ramón Endo.

Segundo o noticiário CM&, o corpo "ainda não pôde ser removido pelo Exército porque está preso a vários explosivos, em uma zona minada pelos rebeldes". O Exército realiza uma ampla operação na região a procura de Cuéllar.

O governador foi capturado na segunda-feira, em um ataque das Farc contra sua residência em Florencia.

Os guerrilheiros lançaram uma granada contra a casa do governador, e após troca de tiros com os seguranças de Cuéllar, levaram o político. O confronto matou um policial. Fontes afirmam que o grupo que atacou a casa do governador tinha de 15 a 18 homens.

Atualmente as Farc mantêm sequestrados 24 militares e policiais, alguns com mais de 10 anos de cativeiro. A meta é trocar pelo menos 22 deles por 500 rebeldes presos.

*Com AFP e EFE

Leia mais sobre: sequestro

    Leia tudo sobre: colômbiafarcseqüestro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG