Bogotá - Um governador indígena que estava cercado com medidas cautelares da Corte Interamericana de Direitos Humanos foi assassinado por desconhecidos na Colômbia, informa a imprensa local.

Segundo a página digital do jornal "El Tiempo", de Bogotá, Roberth Guachetá, de 41 anos, era governador em Paez, no sudoeste do país.

O indígena teria sido espancado até a morte hoje no casario Morales, do departamento de Cauca, na parte alta da Cordilheira Ocidental.

Na semana passada, o governador indígena Luis Manuel Martínez foi assassinado por desconhecidos que previamente o tiraram à força de sua casa no noroeste do país.

Leia mais sobre: Colômbia

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.