Governador é preso na Bolívia, acusado de mortes de camponeses

LA PAZ - O governador do Estado amazônico de Pando, na Bolívia, que está em estado de sítio devido à onda de violência, foi detido na terça-feira pelas forças militares do país.

Redação com agências internacionais |

Ele é acusado de ordenar a morte de vários camponeses que apoiavam o governo. Segundo a imprensa local, o governador Leopoldo Fernández, que nega as acusações, foi preso em Cobija, capital do Estado, ao norte de La Paz e na fronteira com o Brasil 

O canal de televisão estatal mostrou imagens de um pequeno avião em que supostamente Fernández era levado para a cidade de La Paz.

Crise na Bolívia

Os departamentos bolivianos de Tarija, Santa Cruz, Beni, Pando e Chuquisaca (que juntos foram a região conhecida como "Meia Lua") pleiteiam maior autonomia e têm sido palco há meses de protestos contra Morales.

Eles ficam no leste da Bolívia e são os departamentos mais ricos do país, graças principalmente à produção de gás e soja.

O departamento de Tarija, por exemplo, possui mais de 80% das reservas de gás bolivianas.

O oeste da Bolívia, onde vive a maior parte da população indígena, é a região em que o presidente conta com mais apoio.


Mapa político da Bolívia

*Com AFP BBC Brasil e Reuters

Leia mais sobre a Bolívia

    Leia tudo sobre: bolívia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG