Governador do Novo México quer aumentar relações econômicas com Cuba

Havana, 26 ago (EFE).- O governador do Novo México (Estados Unidos), Bill Richardson, disse hoje que manteve reuniões muito frutíferas e positivas com funcionários cubanos sobre turismo, agricultura e comércio, e que busca aumentar os nexos econômicos do estado com Cuba, onde lidera uma missão comercial.

EFE |

Em coletiva em Havana, o governador afirmou que é preciso aumentar as ligações econômicas, culturais, estudantis e de toda ordem entre Estados Unidos e a ilha.

"Sou a favor de mais viagens humanitárias a Cuba, mais turismo, mais remessas e contato pessoal de cidadãos americanos com os cubanos", acrescentou.

Richardson, considerado próximo ao atual líder dos EUA, Barack Obama, se reuniu hoje com a vice-ministra de Turismo cubana, María Elena López, e outros funcionários do setor, e na quinta-feira tem reuniões marcadas com diplomatas do Ministério das Relações Exteriores.

O governador também passeou pelo centro colonial hispânico de Havana Velha e visitou a casa-museu do escritor americano Ernest Hemingway, à qual doou um telefone antigo.

Com Richardson chegaram na segunda-feira a Havana os secretários estaduais de Agricultura, Miley González; Assuntos Culturais, Atuart Ashman, e Finanças, Katherine Miller.

Richardson paga pessoalmente os gastos de viagem e voltará na sexta-feira aos EUA. EFE rmo/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG