Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Governador de NY permanece no cargo, diz porta-voz

NOVA YORK (Reuters) - O governador democrata do Estado de Nova York, David Paterson, não planeja deixar o cargo e reportagens em blogs na Internet dizendo o contrário são inteiramente fabricadas, disse a porta-voz nesta segunda-feira. O circo da semana passada --inteiramente fabricado-- é uma vergonha para todos que o divulgaram, disse Marissa Shorenstein por email.

Reuters |

Paterson, ex-parlamentar, assumiu como governador em 2008 depois que o ex-governador Eliot Spitzer, também do Partido Democrata, renunciou em meio a um escândalo de prostituição.

Desde a semana passada, blogs da Internet, incluindo do site de notícias Huffington Post, disseram que o jornal New York Times estava prestes a publicar uma história tão escandalosa que Paterson teria que renunciar.

Paterson está atrás do procurador-geral Andrew Cuomo, outro democrata, nas pesquisas de opinião de voto para a eleição de novembro.

Quando se tornou governador, Paterson admitiu que tinha sido infiel a sua mulher. Num programa de rádio na sexta-feira, ele minimizou uma reportagem do New York Post sobre um almoço que teve com uma mulher em Nova Jersey.

Paterson disse que o fotógrafo que estava sentado perto dele não teria perdido a chance de tirar uma foto de qualquer coisa errada.

"Me diga, qual fotógrafo teria perdido essa foto?", disse Paterson.

(Reportagem de Joan Gralla)

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG