Governador de Nova Jersey diz que Kadafi não é bem-vindo ao estado

Nova York, 26 ago (EFE).- O governador de Nova Jersey, Jon Corzine, assegurou hoje que Muammar Kadafi não é bem-vindo em seu estado, onde a Líbia tem um terreno que poderia servir para que o coronel erguesse sua tradicional tenda beduína durante sua visita aos Estados Unidos.

EFE |

Kadafi, que deve discursar em 23 de setembro na abertura da 64ª Assembleia Geral das Nações Unidas, "não é bem-vindo em Nova Jersey sob nenhum critério", assegurou Corzine em um breve comunicado.

"Não tenho certeza de quais são nossos recursos legais, mas o fato é que não é bem-vindo", reiterou o governador, que disse estar "zangado" com a libertação do terrorista Abdelbaset Ali al-Megrahi, "da mesma forma que todos os cidadãos de Nova Jersey e dos Estados Unidos".

Ele afirmou não ter "tolerância alguma" com o que o terrorista fez.

"Nem em Englewood (a localidade onde se encontra o terreno de propriedade líbia) nem no estado de Nova Jersey estenderemos um tapete de boas-vindas a Kadafi. Será melhor que fique em um hotel da cidade de Nova York", acrescentou.

A primeira visita do líder líbio a Nova York despertou reservas de autoridades federais e estaduais dos Estados Unidos, que manifestaram descontentamento pela libertação do terrorista líbio condenado pelo atentado de Lockerbie em 1988, no qual morreram 270 pessoas, a maioria americanos.

As autoridades americanas também criticaram a recepção festiva que Megrahi teve na Líbia.

O porta-voz do Departamento de Estado americano, Ian Kelly, disse na terça-feira que está buscando um acordo com as autoridades líbias para responder à polêmica gerada pelos requisitos de alojamento do líder líbio quando for ao debate da Assembleia Geral da ONU.

Kelly assegurou que sua agência "não tem informação" sobre se foram os próprios líbios que sugeriram hospedar o presidente em Englewood, uma vez que, segundo a "Newsweek", as autoridades de Nova York negaram permissão para instalar a tenda no Central Park. EFE mgl/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG