Governador de Illinois repassa hoje cadeira de Obama no Senado, diz imprensa

Washington, 30 dez (EFE).- O governador de Illinois, Rod Blagojevich, que está sendo investigado por corrupção, repassará hoje a Roland Burris, ex-procurador-geral do estado, a cadeira no Senado americano que pertencia ao presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, informam dois jornais da cidade de Chicago.

EFE |

Blagojevich, que tem poderes para escolher o sucessor de Obama, é acusado de querer vender o assento do futuro chefe de Estado no Senado em troca de cargos públicos para ele e sua mulher.

Apesar das acusações contra o governador, Burris já disse que está disposto a aceitar a nomeação de Blagojevich, segundo os jornais "Chicago Tribune" e "Chicago Sun-Times", que citam fontes anônimas.

Depois da vitória de Obama nas eleições presidenciais de 4 de novembro, Burris, um afro-americano de 71 anos, comunicou ao governador seu interesse em assumir uma cadeira no Senado Porém, a princípio, Blagojevich não considerou seriamente a candidatura do ex-procurador, diz o "Chicago Tribune".

Após a detenção do governador, que teve que pagar fiança para ficar em liberdade, Burris reiterou seu desejo de assumir a cadeira.

Segundo o "Chicago Sun-Times", a nomeação do ex-procurador será anunciada durante uma entrevista coletiva marcada para as 14h (18h de Brasília). EFE cma/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG