Governador de Cochabamba se candidatará à Presidência da Bolívia

Cochabamba (Bolívia), 8 ago (EFE).- O governador do departamento (estado) boliviano de Cochabamba, o opositor Manfred Reyes Villa, disse hoje à Agência Efe que se candidatará à Presidência do país, seja qual for o resultado do referendo revogatório do próximo domingo.

EFE |

Villa disse hoje em entrevista à Efe que "a partir da segunda-feira" será "candidato à Presidência da República" como "a nova alternativa" ao líder Evo Morales.

"Estou convencido de que vou conquistar a maioria dos bolivianos", disse o governador regional, ao apontar que não quer formar um bloco com toda a oposição, porque, segundo ele, não lhe interessa "a extrema direita" nem "a extrema esquerda fundamentalista".

Villa definiu sua candidatura como uma "alternativa racional e responsável" com um programa de centro-esquerda destinado a "atenuar a pobreza" e "a todos os bolivianos sem exclusões".

O líder opositor foi um dos governadores que com mais intensidade se opôs ao referendo de domingo na Bolívia, que decidirá sobre a continuidade ou revogação do presidente Evo Morales, do vice-presidente Álvaro García Linera e de oito dos nove governadores regionais do país. EFE az/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG