O governador da Flórida, Charlie Crist, uma das principais figuras do Partido Republicano e muito criticado pelos setores mais conservadores, anunciou nesta quinta-feira que abandona os republicanos para concorrer como candidato independente ao Senado nas eleições de novembro." /

O governador da Flórida, Charlie Crist, uma das principais figuras do Partido Republicano e muito criticado pelos setores mais conservadores, anunciou nesta quinta-feira que abandona os republicanos para concorrer como candidato independente ao Senado nas eleições de novembro." /

Governador da Flórida rompe com republicanos

O governador da Flórida, Charlie Crist, uma das principais figuras do Partido Republicano e muito criticado pelos setores mais conservadores, anunciou nesta quinta-feira que abandona os republicanos para concorrer como candidato independente ao Senado nas eleições de novembro.

AFP |

O governador da Flórida, Charlie Crist, uma das principais figuras do Partido Republicano e muito criticado pelos setores mais conservadores, anunciou nesta quinta-feira que abandona os republicanos para concorrer como candidato independente ao Senado nas eleições de novembro.

Crist confirmou o que se especulava há alguns dias: "anuncio minha decisão de concorrer como candidato para o Senado dos Estados Unidos sem filiação partidária".

"Sei que após este anúncio não terei o apoio de qualquer partido, mas conto com vocês (eleitores)".

Isolado pela linha dura do chamado GOP (Great Old Party) e criticado por seu perfil moderado e seu apoio a algumas políticas de Obama, como o pacote de estímulo econômico, Crist optou finalmente por concorrer por conta própria ao Senado.

Líderes conservadores como o ex-candidato presidencial Mitt Romney e o ex-vice-presidente Dick Cheney já haviam manifestado seu apoio ao principal adversário de Crist no Partido Republicano, Marco Rubio, que assumiu inesperadamente a liderança nas pesquisas.

O anúncio de Crist coloca a campanha da Flórida entre as mais disputadas dos EUA para as eleições legislativas de novembro, com três candidatos fortes, incluindo o democrata Kendrick Meek.

jco/LR/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG